Mais de 2.800 pessoas visitam navio-patrulha da Marinha no Porto de Cabedelo


Terminou ontem a visitação ao navio-patrulha da Marinha de Guerra do Brasil, Guaíba P-41, com a presença de um excelente público durante os quatro dias em que a embarcação ficou aberta aos visitantes. Ao todo, 2.824 pessoas visitaram o Guaíba. Somente no último dia, 1.140 visitantes passaram pelo porto para conhecer o navio.

A Companhia Docas da Paraíba (Docas-PB) garantiu toda estrutura física e de colaboradores na organização da visitação, reforçando a parceria com a Marinha do Brasil.

“Nesse período de inicio de férias, a visitação a um navio da Marinha acaba se tornando uma atração para as famílias da cidade de Cabedelo, assim como para os turistas. É também mais uma oportunidade de aproximar o porto da população”, destacou a presidente da Companhia Docas da Paraíba, Gilmara Temóteo.

O navio Guaíba tem 46,5 metros de comprimento e atua desde 1994. Tem raio de ação de 2.200 milhas náuticas a 12 nós (10 dias); é equipado com um canhão Bofors L/70 de 40 mm; duas metralhadoras Oerlikon Mk-10 de 20mm em dois reparos singelos.

Equipamentos
Uma lancha de casco semirrígido (RHIB), com capacidade para 10 homens e um bote inflável para seis homens, usados para salvamentos e abordagens. Um guindaste eletro-hidráulico com capacidade para 620 kg.

O Navio Patrulha Guaíba – P 41 é o terceiro navio a ostentar esse nome na Marinha do Brasil, em homenagem a um rio homônimo que deságua na Lagoa dos Patos, no Rio Grande do Sul. Foi construído pelo AMRJ – Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro.

É subordinado ao 3º Distrito Naval, integrando o Grupamento Naval do Nordeste (GrupNNE), tendo como área de atuação o litoral dos Estados de Pernambuco, Rio Grande do Norte, Paraíba e Ceará, operando a partir de Natal-RN.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *