M. Dias Branco apresenta projeto de expansão para Docas-PB e Governo Federal


A presidente da companhia Docas da Paraíba (Docas-PB), Gilmara Temóteo, esteve em Brasília (DF) para uma reunião que teve como ponto central o projeto de expansão do Grande Moinho Tambaú (GMT), uma unidade do Grupo M. Dias Branco que produz massas e farinha de trigo, e está localizado em uma área arrendada no Porto de Cabedelo. De acordo com o projeto, a capacidade de armazenamento será de aproximadamente 70 mil toneladas.

“O Grande Moinho Tambaú é um importante equipamento que faz parte do complexo do Porto de Cabedelo. Desde 2005, quando a unidade da M. Dias Branco foi inaugurada, vemos um destacado crescimento, que hoje chega a ser responsável por quase 25% de toda a movimentação no Porto”, detalhou a presidente a Docas-PB. “Isso é comprovado pelos números detalhados hoje no relatório e certamente vemos um futuro promissor com a construção dos novos silos, como também os outros investimentos, que certamente beneficiarão todo o Porto“, acrescenta.

A reunião foi conduzida pela diretora de Gestão e Contratos da Secretaria Nacional de Portos (SNP), Flávia Takafashi, e teve a presença do Coordenador Geral de Descentralização e Delegação da SNP, Alessandro Marques. O relatório e plano de investimentos da M. Dias Branco foi apresentado pelo consultor enviado do grupo, Ernani Muraro.

A M. Dias Branco S.A. Indústria e Comércio de Alimentos, com sede na cidade de Eusébio, no Ceará, é uma das maiores empresas brasileiras do setor alimentício, sendo líder no mercado de massas e biscoitos do Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *