Porto de Cabedelo recebe investidores que serão responsáveis por estaleiro e novos projetos na região


De olho na construção de um estaleiro e ainda em aproveitar outras potencialidades da Paraíba, investidores participaram de uma reunião de apresentação no Porto de Cabedelo com a presença da presidente da Companhia Docas da Paraíba (Docas-PB), Gilmara Temóteo, e o secretário de estado da Agricultura e da Pesca, Efraim Morais.

“O Porto vive um momento de grande destaque no cenário local e nacional. Além do leilão, que nos trará uma contrapartida de cerca de R$ 100 milhões, hoje recebemos investidores que estão percebendo pontos de destaque das nossas operações, localização e plano de crescimento. Tudo isso como um resultado do que temos plantado nos últimos anos”, explica Gilmara Temóteo, que acrescenta que o estaleiro transformará toda a região, criando milhares de empregos diretos e indiretos, além da ampla movimentação de navios.

Chen Yong é presidente da IMC-YY, uma empresa de engenharia e reparo de navios (estaleiro), sendo uma das principais do oriente, que atende cerca de 175 navios por ano. Na região do Porto, o projeto deverá atender aproximadamente 120 navios anualmente, quando estiver na completa funcionalidade. Além dele, também participou da reunião o diretor comercial da McQuilling Services, David Saginaw.

“O Governo tem mantido uma agenda intensa de receber investidores e também apresentar o que temos feito para o mercado externo. No caso da visita do sr. Chen Yong, organizamos uma agenda para que ele conheça a Paraíba sob diferentes óticas. Hoje está aqui no Porto, mais tarde conhecerá o Centro de Convenções e amanhã encontra-se com o governador João Azevedo, que fará uma ampla apresentação do que foi feito e ainda acontecerá nos próximos anos”, detalha o secretário Efraim Morais.

Na ocasião, os investidores também puderam saber mais sobre o funcionamento do Porto de Cabedelo, detalhes logísticos, de equipamentos e ainda as mudanças que devem acontecer em breve, como a conclusão da obra de dragagem e ainda as contrapartidas que virão com os leilões. Após a reunião, os investidores e a equipe da Docas-PB apresentou o cais e o Terminal Pesqueiro de Cabedelo, que também é uma área de interesse do grupo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *