Em Brasília, presidente da Docas-PB integra comitiva que apresenta estaleiro de reparos navais ao Governo Federal


A presidente da Companhia Docas da Paraíba (Docas-PB), Gilmara Temóteo, está acompanhando uma comitiva liderada pelo governador João Azevedo em Brasília. A viagem tem como objetivo apresentar o projeto de construção do estaleiro para reparos navais em Lucena/PB. No primeiro dia de agendas, aconteceram reuniões com os ministros Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia) e Paulo Guedes (Economia), com o embaixador Norberto Moretti (secretário de Política Comercial e Econômica do Itamaraty) e com o ministro-substituto do Ministério da Infraestrutura, Marcelo Sampaio.

“Foram audiências extremamente produtivas e tivemos a oportunidade de, juntamente com as empresas IMC YY e McQuilling, apresentar um projeto redentor para toda a região e importante para o Brasil”, destacou o governador João Azevedo. Ele ainda pontua que a inserção do estaleiro no portifólio de projetos de interesse do país está assegurada e a construção deve começar já em 2020.

Também integram a comitiva o empresário Chen Yong (presidente da IMC YY, empresa que opera um dos maiores estaleiros da China); David Saginaw (diretor comercial da McQuilling); Hailing Wang (diretora da IMC YY), Fernando Faria (vice-presidente da KPMG Brasil); Roberto Braga e Gustavo Braga (representantes da McQuilling na Paraíba).

“Esse é um projeto fundamental não só para a região, mas para todo o estado e para o país. O investimento inicial gira em torno de R$ 3,5 bilhões e são milhares de empregos diretos e indiretos”, detalhou a presidente da Docas-PB, que acrescenta: “Foram reuniões extremamente positivas e a inclusão do estaleiro nas obras de interesse do país vai abrir portas para investidores e transformar toda a região”.

Nas reuniões também estiveram a vice-governadora Lígia Feliciano, o senador Veneziano Vital do Rêgo, deputados federais e estaduais, secretários do governo da Paraíba e o prefeito de Lucena, Marcelo Monteiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *