Entes públicos e empresas privadas assinam texto base para construção do Plano de Área da região portuária de Cabedelo


A Companhia Docas da Paraíba (Docas-PB), entes públicos e representantes de empresas privadas assinaram, na manhã desta quarta-feira (23), o Regimento Interno do comitê do Plano de Área da região portuária de Cabedelo. O texto traz parâmetros que servirão para construção documento final e teve a adesão de cerca de 30 órgãos e empresas.

“É uma grande responsabilidade para o Porto de Cabedelo, para os municípios vizinhos e para as empresas e operadores. Ao mesmo tempo, é um avanço significativo em termos de segurança e meio ambiente”, discursou a presidente da Docas-PB, Gilmara Temóteo.

Estiveram na solenidade os representantes do Ibama, Capitania dos Portos, Corpo de Bombeiros, secretarias de Meio Ambiente de Cabedelo e Lucena, Defesa Civil de Cabedelo, Sudema, Centro Náutico Jacaré, Nordeste Navegações, Tecab, BR Distribuidora, Raízen, Icmbio e Transpetro, além da equipe do Porto de Cabedelo.

“É um marco para o Porto de Cabedelo, operadores e órgãos ambientais. Todos estão de parabéns pela disponibilidade em participar das reuniões mensais e agora vamos continuar o trabalho para a construção do Plano de Área”, concluiu a presidente da Docas-PB

Plano de Área – É um documento com a intenção de mapear toda a região portuária e possíveis pontos críticos, como também agilizar a resposta aos acidentes ambientais, integrando órgãos e empresas. O regimento interno do comitê é o “esqueleto” para o Plano de Área.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *