“Estamos preparados para dar uma resposta rápida e positiva”, afirma presidente da Docas-PB após simulado de emergência


Aconteceu, na manhã desta quarta-feira (27), mais um exercício de emergência no entorno do Porto de Cabedelo. A ação faz parte do Plano de Ajuda Mútua da Cidade de Cabedelo (Pamcic) e, neste ano, simulou uma colisão entre dois caminhões e um veículo de pequeno porte, com derramamento de combustível, resgate a vítimas e princípio de incêndio.

“Nossa palavra é de agradecimento e responsabilidade. Agradecimento por todos que se envolveram direta ou indiretamente; e responsabilidade porque avalio que estamos preparados para dar uma resposta rápida e positiva”, afirma a presidente da Companhia Docas da Paraíba (Docas-PB), Gilmara Temóteo. “O simulado foi uma confirmação da nossa eficiência”, acrescenta.

Este é o terceiro exercício de emergência realizado desde 2017, quando foram retomadas as atividades do Pamcic. “Com muito comprometimento, ampliamos o simulado, envolvendo várias situações e podemos afirmar que nossa equipe está preparada para sinistros de várias naturezas”, avalia o major Antônio da Silveira, comandante da 1ª Companhia Independente de Bombeiro Militar de Cabedelo.

“Precisamos estar juntos e alinhados para que possamos reduzir os erros e prestar todo o apoio necessário”, pontua Fernando Macedo, secretário da Defesa Civil de Cabedelo. Depois do exercício, que foi realizado na BR-230, na altura do Cabedelo Clube, os envolvidos fizeram uma reunião de avaliação e será ainda construído um relatório para detalhar os acontecimentos. “Nossa avaliação é extremamente positiva. Todos se empenharam bastante e isso prova nossa preocupação com a segurança de toda a comunidade portuária”, conclui Lusielson Pereira, técnico em Meio Ambiente da Docas-PB e um dos responsáveis pelo simulado.

Simulado volta a ser periódico – De acordo com a Cia. Docas, o Pamcic ficou inativo por um longo período e foi reativado em 2017. Desde então, são feitas reuniões periódicas com o objetivo de alinhar o plano de segurança e ainda atrair outras entidades. O primeiro exercício simulou o transbordamento de um tanque de combustível e, em 2018, com o apoio da Capitania dos Portos da Paraíba, foi simulado o derramamento de combustível na região do cais do Porto de Cabedelo. A operação deste ano foi a maior já realizada no Pamcic.

Entes envolvidos no Pamcic ­– Pelo menos 14 órgãos, empresas ou entidades participaram do simulado de forma direta ou indireta: Companhia Docas da Paraíba; Corpo de Bombeiros Militar; Policia Militar; Defesa Civil de Cabedelo; Guarda Municipal de Cabedelo; Secretaria de Mobilidade Urbana de Cabedelo; Secretaria de Saúde de Cabedelo, Secretaria de Meio Ambiente, Pesca e Aquicultura de Cabedelo, Transpetro, Transporte Rodoviário Nordestino, Policia Rodoviária Federal, Bombeiros Civis, Liga de Emergência e Trauma da Paraíba e Faculdade de Ciências Médicas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *