Presidente da Docas-PB cumpre agenda no RJ para atestar viabilidade da dragagem


A presidente da Companhia Docas da Paraíba (Docas-PB), Gilmara Temóteo, esteve na última quinta-feira (5) na sede do Instituto Nacional de Pesquisas Hidroviárias (INPH), no Rio de Janeiro, para tratar da dragagem do Porto de Cabedelo. Na ocasião, a presidente foi recepcionada pelo diretor do instituto, Domenico Acceta, e também a equipe técnica do órgão.

“Para viabilizar a dragagem foi necessário um anteprojeto e a realização de batimetria (medição de profundidade) no canal de acesso. Sendo assim, o motivo da nossa visita foi para que o INPH avaliasse os estudos que temos”, detalha a presidente da Docas-PB.

Segundo ela, o instituto deu sinal positivo para a obra. “O sr. Domenico Acceta e sua equipe validaram os estudos e afirmaram estar em conformidade com a Licença de Instalação em vigor. Com isso, podemos seguir em frente com a obra de dragagem”.

Atualmente, o canal de acesso possui 9,14 metros de profundidade. O anteprojeto prevê a dragagem para 11 metros, o que ampliará negócios e trará navios maiores e com mais carga.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *