Fiscalização de cargas no Porto de Cabedelo é concluída dentro da normalidade


O navio graneleiro M/V Edamgracht, atracado no Berço 103/105 do Porto de Cabedelo, recebeu nesta terça-feira (15) operação de rotina dos órgãos anuentes que atuam no Porto Organizado de Cabedelo. A fiscalização aconteceu sem nenhuma intercorrência e seguindo a normalidade.

Coordenada pela Divisão de Repressão ao Contrabando e Descaminho (DIREP 04), a Receita Federal, em nome do auditor fiscal Gustavo Medeiros, e em conjunto com a Polícia Federal, iniciou vistoria na embarcação às 9h.

O navio M/V Edamgracht está sendo carregado com 10 mil toneladas de sal marinho, que tem a cidade de Mossoró-RN como origem e o Porto de Roterdã, na Holanda, como destino.

Como acontece rotineiramente, observando todos os protocolos de segurança, regulamentações normativas e legislação de fiscalização vigentes, a Companhia Docas deu apoio à Receita e PF, que inspecionaram a carga, por meio de amostragem, nos contêineres flexíveis dentro dos armazéns, caminhões e porões do navio, inclusive com a utilização de cães farejadores.

Mesmo durante a ação de fiscalização dos órgãos anuentes, a operação de exportação da carga não parou, seguindo o curso normal de embarque das 10.000 toneladas de sal marinho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *