Marinha do Brasil realiza Exercício de Defesa de Porto no Porto de Cabedelo


 

Militares da Marinha do Brasil, por meio do Comando do 3º Distrito Naval (Com3ºDN), participaram do Exercício de Defesa de Porto, denominado Deportex. O Exercício aconteceu entre 1º e 5 de novembro, nas dependências do Porto de Cabedelo.

 

O Exercício teve como objetivo contribuir para a qualificação dos militares na garantia da segurança e proteção dos terminais portuários, bem como aperfeiçoar as Operações de Defesa Naval de Porto na área de jurisdição do Comando do 3º Distrito Naval (Com3ºDN), que abrange os estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas.

 

“Esse exercício é um exercício de defesa do porto, muito importante para defender um grande ativo do nosso estado, que é o Porto de Cabedelo, por onde escoam todas as riquezas da nossa região. Demonstra, principalmente, a nossa preocupação constante em manter a Declaração de Conformidade do Código Internacional, Código ISPS, mantendo sempre a segurança das instalações portuárias e atuando em conjunto com as forças armadas.”, declarou o Capitão dos Portos da Paraíba, Erijansen de Souza Maciel.

 

O Deportex contou com o emprego de cerca de 200 militares, pertencentes ao Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal (GptFNNa), à Capitania dos Portos da Paraíba (CPPB) e aos navios do Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Nordeste (ComGptPatNavNE). Durante o período, os militares do GptFNNa atuaram nas instalações portuárias em terra, enquanto as embarcações da CPPB e os navios do ComGptPatNavNE  operaram na área marítima adjacente.

 

O treinamento teve como propósito a avaliação e o aperfeiçoamento não só dos militares e meios empregados na segurança e proteção das instalações do terminal, como também de toda a estrutura envolvida no exercício, como a capacidade de suporte logístico e a estrutura de apoio à saúde utilizadas.

 

Crédito: Ivanilson Oliveira/ Marinha do Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *